Peeling Químico

RENOVA A PELE PELO ATRITO DO PEELING DE DIAMANTE E A RENOVAÇÃO DA PELE ATRAVÉS DOS PEELING QUÍMICO UTILIZADOS.

peeling químico é um método utilizado para tratamento das alterações da pele. A intenção é acelerar o processo de renovação celular a partir das camadas mais profundas da pele, ao mesmo tempo em que são eliminadas as camadas mais superficiais e envelhecidas.

A pele é dinâmica, viva, um órgão em constante renovação. Todos os dias, células novas são produzidas e outras são eliminadas. Mas, com o passar dos anos, diminui a velocidade de renovação destas células. O processo de envelhecimento e a luz solar faz, então, aparecer as temíveis rugas, manchas, flacidez e aspereza.

Os problemas como a acne, a ação hormonal, o passar dos anos, o vento a luz e a genética, acabam por provocar alterações inestéticas na pele. Rugas, sulcos, flacidez, aspereza, manchas, cicatrizes podem surgir alterando a aparência da pele da face e do corpo. Os peelings são um tipo de procedimento que bisca corrigir algumas características causadas pelo envelhecimento da pele.

A princípio, o peeling químico retira uma camada da pele que, posteriormente, será regenerada e receberá um novo aspecto por meio de células com capacidade de reprodução que permanecem em determinados pontos do tecido.

peeling químico é o nome que se dá ao procedimento com uso de uma solução aplicada na pele para renovar células mortas e promover a produção de novas. Esta substância tem a função de compactar a pele e reduzir o número de rugas.

Todos os dias, milhares de células da pele morrem, descamam e são substituídas por novas, com o tempo, porém, esse processo fica mais lento. Em razão disso, a pele tem maior dificuldade de renovar manchas escuras ou corrigir o dano causado pelo sol. A função de um peeling químico é criar uma descamação controlada de várias camadas de células danificadas.

 

 

barra confira